Video captura “briga” entre Jon Jones e Frank Mir na Russia

Video captura “briga” entre Jon Jones e Frank Mir na Russia
dezembro 11 18:29 2013

Video captura “briga” entre Jon Jones e Frank Mir na Russia

Durante passagem pela Rússia, “Bones” acabou envolvido em uma pequena briga de brincadeira com o ex-campeão do UFC, Frank Mir.

Confira o rápido vídeo que assustou quem passava pelo local no momento.

Lembrado que Jones enfrentara o brasileiro Glover Teixeira, luta marcada para o dia 15 de março de 2014. Galera do MUNDOONLINE e torcida do Brasil com certeza esperando que o cinturão mude de cintura. Mas promete ser uma otima luta.

Video captura “briga” entre Jon Jones e Frank Mir na Russia

Video captura “briga” entre Jon Jones e Frank Mir na Russia

Início da carreira

Antes de iniciar sua carreira no MMA, Jones era um grande wrestler no ensino médio e campeão estadual pelo Union-Endicott High School, em Los Angeles. Ele ganhou um campeonato nacional JUCO na Iowa Central Community College. Após sua transferência para Morrisville State College, ele decidiu abandonar a faculdade onde estudava Justiça Criminal, para começar sua carreira no MMA.

Jones fez sua estréia no MMA profissional em abril de 2008. Ele acumulou um recorde invicto de 6-0 durante um período de três meses, finalizando todos os seus adversários. Isto levou-o para a atenção do UFC, que lhe pediu para substituir um lutador à duas semanas da luta, em julho de 2008.

Em sua última luta antes de assinar com o UFC, Jones derrotou Moyses Gabin na BCX 5 pelo o Cinturão Meio-Pesado USKBA. Ele venceu a luta por nocaute técnico no segundo round.
Ultimate Fighting Championship

A estreia de Jones no UFC foi contra Andre Gusmão no UFC 87 em 9 de agosto de 2008. Jones foi avisado da luta com duas semanas de antecedência, sendo o substituto de Tomasz Drwal. Ele mostrou um desempenho impressionante de quedas e exibição de golpes pouco utilizados, com cotoveladas giratórias e um chute para trás girado. Jones teve uma vitória por decisão unânime.

Em sua segunda luta, Jones lutou contra o veterano Stephan Bonnar no UFC 94 em 31 de janeiro de 2009. Jones mostrou habilidades superioras de wrestling e socos poderosos. Jones machucou uma das pernas de Bonnar e conseguiu uma cotovelada de costas que quase nocauteou seu adversário durante o primeiro round. Embora parecesse cansado no terceiro round, Jones aguentou para conseguir outra vitória por decisão unânime.

A terceira luta de Jones foi contra Jake O’Brien no UFC 100 em 11 de julho de 2009. Jones controlou a maior parte da luta negando muitas tentativas de takedown do seu oponente. Jones ficou exercendo a sua vantagem de alcance e encontrou seu alcance até o final do primeiro round com um jab direita e chutes altos e baixos. Na metade do segundo round, Jones passou a mostrar mais o seu movimento assinatura, a cotovelada giratória, e depois conseguiu uma guilhotina que deixou seu adversário momentaneamente inconsciente logo depois dele desistir.

Em setembro de 2009, Jones foi recompensado por suas vitórias através da assinatura de um novo contrato de quatro lutas com o UFC.

Após mais duas vitórias no Ultimate, Jon Jones enfrentou Matt Hamill no The Ultimate Fighter: Heavyweights Finale, em 5 de Dezembro de 2009. Apesar de dominar o combate, Jones foi desqualificado após desferir cotoveladas ilegais, golpes que normalmente o fariam perder um ponto no assalto, mas Hamill deslocou o ombro e, assim, não pôde continuar o combate, o que obrigou o árbitro a encerrar o combate, com Jones conhecendo assim sua única derrota até o momento.

Depois de vencer Brandon Vera e Vladimir Matyushenko por nocaute técnico no 1º assalto, Jones enfrentou no UFC 126, o até então invicto, Ryan Bader. Após dominar o 1º assalto, Jones tirou a invencibilidade do adversário ao finaliza-lo com uma guilhotina no 2º assalto chegando a dar a entender que jones brincava com o bader após pegar as costas passando a perna sobre o oponente.

Logo após a vitória, recebeu a notícia que seu companheiro de treinos Rashad Evans, que por causa de uma lesão no joelho, não poderia disputar o cinturão contra Maurício Rua. Assim, Jones iria o substituir neste combate.

view more articles

About Article Author

4dm1n-MuNd0
4dm1n-MuNd0

View More Articles
write a comment

0 Comments

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Add a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.