TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo
abril 29 11:45 2013

TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

CLICK AQUI E CURTA NOSSA FÃ PAGE ASSIM VC NÃO PERDE NENHUM EPISODIO!!!

 

 


The.Ultimate.Fighter.BR.S02E07.720p.HDTV.x264-TrueHD by Raphael Guimarães

CLICK E ASSISTA EPISODIO 6

 

CLICK E ASSISTA EPISODIO 5

CLICK E ASSISTA EPISODIO 4

CLICK E ASSISTA EPISODIO 3

CLICK E ASSISTA EPISODIO 2

CLICK E ASSISTA EPISODIO 1

 

De volta aos treinos, Pedra disse que gostaria de nocautear no primeiro round, e que seu jiu-jítsu estava ali para salvá-lo. Porém, o treinador Rafael Cordeiro disse que a estratégia era levar para o chão e finalizar. O fluminense acrescentou que viu seus companheiros perderem por fugir dos planos dos treinadores e que não faria o mesmo. Ponzinibbio, por sua vez, ouve de seus treinadores que não pode ter medo das tentativas de queda e que tem de usar a movimentação e velocidade para se impor em pé.

Na pesagem, Pedra precisou tirar a cueca para registrar 77kg, enquanto o argentino marcou 77kg sem precisar de “cabaninha”. Depois, os dois novamente se encararam de olhos arregalados, mas se cumprimentaram e abraçaram logo depois. Na casa, o clima foi de descontração num jantar com lutadores das duas equipes lado a lado. David Vieira, do time verde, confessou que torceria pelo lutador da outra equipe, Pedra, com quem criou grande afinidade.TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

A luta

TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

Santiago Ponzinibbio conecta um de seus jabs em
Márcio Pedra (Foto: Divulgação/UFC)
TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

Ponzinibbio começou dando jabs para medir a distância, enquanto Pedra respondeu com chutes baixos e altos. A luta esquentou rapidamente: o argentino logo encontrou a distância, atacou com uma série de golpes retos, andando para frente. O brasileiro clinchou para segurar o ímpeto do adversário e levou uma joelhada no peito. Ao se desvencilhar, Pedra partiu para cima, conectando com um cruzado, um gancho no corpo e um chute. Ponzinibbio contragolpeou com chutes na perna e um overhand. O lutador do time amarelo tomou o centro do octógono e passou a perseguir o adversário. Um cruzado na lateral da cabeça desequilibrou brevemente Ponzinibbio, mas ele rapidamente se recuperou. Ele devolveu o swing de direita e Pedra também se desequilibrou, mas não caiu. O brasileiro seguiu perseguindo e trocando com o argentino até acertar um direto de direita e conseguir o knockdown, com 3m10s restando no primeiro round. Ele aproveitou e foi para cima, pulando na meia-guarda. Rapidamente, Pedra passou à posição de 100kg, buscando um estrangulamento, mas Ponzinibbio conseguiu voltar à meia-guarda e se levantar.

Na luta em pé, Pedra continuou andando para frente, mas, com a guarda baixa, não protegeu o rosto. Ponzinibbio começou a conectar seus jabs e diretos. Um direto de direita balançou o brasileiro, e o argentino foi para cima. Um gancho de esquerda derrubou Pedra, e o árbitro Mário Yamasaki não hesitou em encerrar a luta, decretando nocaute técnico.

Os treinadores do time amarelo logo reclamaram da interrupção, considerada prematura, especialmente por conta de Ponzinibbio também ter sofrido um knockdown. Ninguém se revoltou mais do que Wanderlei Silva, que subiu num dos córneres para reclamar. O ex-campeão do Pride xingou Yamasaki e usou muitos palavrões para insultá-lo. O árbitro se defendeu afirmando que presava pela integridade física dos atletas.

– Fiquei feliz, fico feliz quando é sofrido – disse Ponzinibbio, alheio à polêmica.

Após a luta, os treinadores tiveram uma teleconferência com Dana White, presidente do UFC, para definir se Daniel Gelo, substituto do lesionado Yan Cabral, teria de lutar para passar às quartas de final. White disse que Gelo precisaria lutar e que a escolha do adversário ficaria com Werdum. Este afirmou que, entre Cleiton Foguete e David Vieira, preferia o primeiro. Minotauro, todavia, disse que o lutador estava lesionado. O treinador do time amarelo pediu para que Minotauro perguntasse se Foguete tinha condições e avaliasse. Este afirmou que sente dores, mas que poderia lutar.TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

TUF Brasil 2 - Episodio 7 Completo

TUF Brasil 2 – Episodio 7 Completo

view more articles

About Article Author

4dm1n-MuNd0
4dm1n-MuNd0

View More Articles
write a comment

0 Comments

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Add a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.