Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália

Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália
janeiro 03 16:30 2013

Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália

Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália

 

 

O amistoso entre Pro Patria e Milan foi cancelado devido a atitudes racistas por parte de alguns torcedores do time local, da quarta divisão do futebol italiano. Cerca de cinquenta pessoas cantavam músicas ofensivas aos jogadores negros do Milan desde o início da partida, até que, aos 26 minutos, Boateng parou o jogo e chutou a bola em direção ao grupo (veja o vídeo abaixo).

Transtornado, o ganês abandonou o campo de jogo e foi seguido pelos solidários companheiros de equipe. Após muita negociação entre os dois lados, o time de Milão mostrou-se irredutível e o amistoso (que estava empatado em 0 a 0) foi cancelado. Muntari, Emmanuelson e Niang também eram alvos dos racistas.

– Estou triste com a situação, mas acredito que a decisão de não jogar mais seja a certa, em respeito aos nossos e a todos os outros jogadores de futebol negros. Precisamos acabar com esses gestos incivilizados. A Itália deve se tornar um pouco mais inteligente. Sentimos muito, mas esperamos que fatos como este não se repitam – desabafou o treinador milanista Massimiliano Allegri.

– Os homens que cantaram músicas racistas foram isolados pelos outros presentes, eles não são torcedores da Pro Patria. Estou amargurado, mas entendo a decisão do Milan. Nós tentamos fazer com que o jogo fosse reiniciado, mas prevaleceu a solidariedade com os jogadores ofendidos – disse Pietro Vavassori, presidente do clube local, da cidade de Busto Arsizio.

Reações

No Twitter, a atitude de Boateng repercutiu imediatamente. Dois zagueirões do futebol inglês aplaudiram a reação firme do jogador.

– Se as notícias de que Boateng deixou o campo depois de sofrer abusos racistas forem verdadeiras, ele merece o prêmio Fair Play da Uefa. Bem feito – postou Rio Ferdinand, do Manchester United.

– Devo saudar a decisão do Milan de deixar o gramado. Também notei que a maioria dos torcedores apoiaram totalmente os atletas – comentou o belga Vincent Kompany.

O próprio Boateng usou a rede social para pôr um ponto final no assunto.

– Uma vergonha que estas coisas ainda aconteçam. Parem com o racismo de uma vez por todas.

 

Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália, Stop the game because of racist chants against Boateng 03-01-2013

Boateng se revolta contra racistas e amistoso do Milan é cancelado na Itália, Stop the game because of racist chants against Boateng 03-01-2013

 

Racismo não Boateng deixa jogo apos sofrer ato racista

Racismo não Boateng deixa jogo apos sofrer ato racista

 

view more articles

About Article Author

4dm1n-MuNd0
4dm1n-MuNd0

View More Articles
write a comment

0 Comments

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Add a Comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.